quinta-feira, 29 de julho de 2010

NÉCROPHILIE

necrofilia e necrofagia

Déterreur de cadavres (1/2)
31-3-2010
En octobre dernier, un homme se présente au palais de justice de Charleroi pour dénoncer de bien étranges faits. "J'ai, dit-il, enlevé des corps enterrés au cimetière de la Buissière à Huy. Je les ai ramenés chez moi et cachés dans mon faux-plafond"









Desenterrador de cadáveres
(02/01)
31-3-2010
Em outubro passado, um homem apareceu no tribunal para se denunciar sobre os fatos em Charleroi. A denuncia era muito estranha. "Eu", disse ele, retirei os corpos enterrados no cemitério de Buissière em Huy. Voltei para casa e os escondi no teto falso da minha casa"

IGREJA CATÓLICA

PROTESTANTES E BRUXAS QUEIMADOS PELA IGREJA CATOLICA

domingo, 25 de julho de 2010

A POLICIA SÓ FAZ O MAL PARA OS MAUS

Na Bíblia, no livro de Romanos capítulo 13ss é dito que as autoridades constituidas são para combater os maus. Se você faz o bem não tem o que temer, mas se comete crime, tena medo porque não é sem causa que os homens da lei traz uma arma...



------------------------

profetamaior | 28 de agosto de 2007
Um policial enfrenta dois assaltantes perigosos numa rua moviemntada,seis tiros e mortes numa reação de ligitima defeza.RIO -Jornal do Commercio - Recife, 02 de setembro de 1998 - O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, coronel Noaldo Alves da Silva, mandou a Polícia Militar invadir, hoje, o Morro da Mineira, no Catumbi, para dar uma resposta à ameaça que os traficantes fizeram ao cabo Sidney Teodoro, responsável pela morte dos dois ladrões que, no início do mês, assaltaram a agência da Caixa Econômica Federal, em Ipanema. Depois de presidir uma solenidade no 23º BPM, Gávea, na qual Teodoro foi homenageado, Noaldo falou sobre o prêmio de R$ 10 mil que os traficantes da Mineira ofereceram pela morte do policial: "Não aceito desafio de bandidos. Por isso, mandei a Polícia Militar ocupar o morro."

Desde que matou os dois assaltantes da CEF, dia 5 de agosto, na Praça Nossa Senhora da Paz, o cabo Teodoro está afastado das atividades externas da Polícia Militar. O coronel João Carlos Rodrigues Ferreira, comandante do batalhão, decidiu colocar o cabo no serviço interno para preservá-lo. Ainda por causa da ameaça dos traficantes, o coronel enviou uma equipe de cinco policiais bem armados para a residência do policial.



INCÊNDIO NO EDIFÍCIO ANDRAUS

Raríssima filmagem em 16mm.

Produzido na época pelo "Stúdio de Som - Souza Lima" é um curta metragem mudo sobre o trágico incêndio que atingiu o edifício Andraus no ano de 1972.


INCÊNDIO DO EDIFÍCIO JOELMA

MEU COMENTÁRIO:
A Bíblia Sagrada fala que o lugar eterno das almas das pessoas que viveram sem Deus e sem Jesus é o inferno e este lugar é descrito como sendo de sofrimento eterno em um lago de fogo (Apocalipse 21.8). As pessoas que morrem queimadas sentem por alguns instantes a agonia do inferno. Ao ver o sofrimento alheio, não sentimos prazer, mas procuramos tirar lições para nossas vidas. Tamanha é a dor da queimadura que muitas pessoas preferem ir de encontro a morte se precipitando de prédios em chamas do que aguardar a dor do fogo derrentendo a pele humana.



raphaeltoscanopozzan | 21 de setembro de 2008

Sexta-Feira, 01 de fevereiro de 1974, cerca de 8:50 da manhã. O Corpo de Bombeiros chegou às 9:10. A tragédia do Joelma, que se deu apenas 2 anos após o incêndio no Edifício Andraus, acendeu a discussão na opinião pública com relação aos sistemas de prevenção e combate a incêndio, cujas deficiências foram evidenciadas nos dois grandes incêndios.
Na ocasião, o Código de Obras em vigor era o de 1934, um tempo em que a cidade tinha 700.000 habitantes, prédios de poucos andares e não havia a quantidade de aparelhos elétricos dos anos 70. No Edifício Andraus, muitas pessoas conseguiram chegar ao heliporto e serem resgatadas por helicópteros. Diversas pessoas no Edifício Joelma tentaram o mesmo recurso, mas o edifício não tinha heliporto e as telhas de amianto, escadas e madeiras impediram que os helicópteros pousassem.
Além do infernal calor, havia a armadilha da cortina de fumaça, que subia andar a andar à uma temperatura de 700°C.
Em tentativas frustradas de se salvarem, ou pelo medo maior do fogo, 40 pessoas se precipitaram edifício abaixo, num salto mortal.
O calor no topo era tamanho, que durante o resgate das pessoas feito por helicópteros, avariou muitos deles, obrigando pousos forçados em plena rua.
O incêndio do Joelma causou 189 mortes e deixou mais de 300 pessoas feridas.






INCÊNDIO DO EDIFÍCIO ANDORINHAS

MEU COMENTÁRIO:
A humanidade deve fazer a su aparte, que é tomar todas as medidas de cautela para evitar tragédias e desgraças, mas se Deus não estiver no negócio todo esforço humano é inútil para que possamos acrescentar um dia a mais em nossas vidas.


Hoje o sistema de segurança e combate a incêndio nos edifícios aumentou muiot, principalmente porque a humanidade esta cada vez mais morando verticalmente, devido o absurso crescimento populacional.



---------------------------------

Apresentado Por Cid Moreira e Leila Cordeiro como Repórter - 17/02/1986 no Jornal Nacional

Incêndio no Edificio Andorinhas Jornal Nacional 1986