terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

CORPOS EM DECOMPOSIÇÃO

Mudanças após a morte

Os médicos e cirurgiões primeiro tomaram conhecimento prático da morte e decomposição através da manipulação e dissecando corpos obtidos para estudo anatômico. Ao longo dos séculos 19 e 20, o estudo do corpo em decomposição e partes do corpo, os efeitos do tempo, o ambiente e a maneira da morte tornou-se uma parte vital da ciência forense.

Fauna do cadáver e a hora da morte

No século 19, investigadores da medicina legal começaram a estudar os padrões de colonização do inseto do cadáver. Entomologia, o estudo dos insetos, tornou-se uma das ciências forenses. Ao identificar os estágios particulares que os insetos passam para se desenvolver em um corpo morto, e a sucessão de espécies diferentes, os investigadores forenses tentam determinar quando a vítima morreu e estimar o tempo decorrido desde a morte. O tempo da morte pode ser representado pelos exemplares adultos das diferentes espécies de insetos que colonizam um cadáver.





Testemunho de inseto

A exploração do corpo: estudando a ciência da decadência

O Centro de Antropologia Forense, da Universidade do Tennessee, Knoxville, conduz a investigação sobre a decomposição pós-morte do corpo humano. No estudo de cientistas levou-se em conta as variações de temperatura, exposição, umidade e outras condições ambientais que afetam cadáveres e partes do corpo. Sua pesquisa tem ajudado a melhorar a capacidade dos pesquisadores para estimar o tempo de morte e para identificar os de restos de esqueletos dos indivíduos.

O Centro também mantém uma coleção de esqueletos humanos documentados e desenvolveu um software que utiliza dados de milhares de esqueletos. Estatísticas do banco de dados dá aos investigadores parametros que ajudam a estimar a raça, sexo e estatura de cadáveres não identificados.

Fonte:http://www.nlm.nih.gov/visibleproofs/exhibition/body.html

------------------------------------------

Corpos decompondo-se no deserto.





Corpos decompondo-se na África







Corpos decompondo-se nas ruas do Haiti (2010)



----------------------------------------

1a Etapa da decomposição

- Relaxamento muscular
- O resfriamento do corpo [Algor Mortis]
- Rigor Mortis [Rigor Mortis] após 12 horas
- Contração e retração da pele

2a etapa da decomposição

Topo da decadência interna, bactérias e parasitas se tornam ativas
- Presença de moscas que depositam seus ovos ou larvas depositados nos furos
- Início da liquefação da carne sob a pele
- Fácil de descamação da pele
- A migração para
- Distensão do abdômen com gás
- Escape através dos orifícios de fluido sanguinolento preto
- A duplicação do volume do abdome



-----------------------------


Um cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado hoje de manhã na praia do Calhau – São Marcos. O corpo foi encontrado por salva-vidas, em frente ao Posto de Salva-Vidas da praia.

A Polícia Civil fez a perícia no local e o corpo já está no Instituto Médico Legal. O Instituto de Criminalística (Icrim) também está trabalhando no caso para tentar descobrir a identidade do corpo e causa da morte.

Segundo informou o mergulhador do Grupamento de Bombeiros Marítimos, José Barbosa Fonseca Neto, a vítima deveria estar no mar há, aproximadamente, de cinco a 10 dias. O salva-vidas disse ainda que o restante dos membros podem ter sido mordidos por peixes.

As primeiras informações do Instituto Médico Legal (IML), apontam que a morte do homem desconhecido, teria sido provocada por afogamento.









Fonte: http://www.zill.brasilportais.com.br/geral/outro-corpo-e-encontrado-na-area-do-calhauveja-as-fotos-226191.html


-------------------------

Este corpo foi encontrado no interior de Pernambuco e já estava em decomposição. Nào havia ninguém na redondeza que tinha algum parente desaparecido. Tudo indica que seja um caso de suicídio.

5 comentários:

Juliana Migliorati disse...

Nossa, nossa que fim trágico!
Beijo

Anônimo disse...

tudo muito nojento.afff

Anônimo disse...

Nossa fico assustada quando vejo essas coisas!

Anônimo disse...

Viram os cadaveres em decomposição mulheres que se acham. O cabelo nao ficou bom, o batom nao é minha cor de pele, estou com ruguinhas. Vai pro inferno !!!

Anônimo disse...

De valor a vida aproveite o maximo e faça o maximo para prolonga la nao importa se e rico ou pobre o fim e o mesmo aproveite o que Deus nos deu a vida