segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

CADAVER CONSERVADO



ALEM DOS PROCESSOS QUIMICOS DE MUMIFICAÇÃO, OS CLIMAS DO DESERTO E DAS GELEIRAS DAS GRANDES CORDILHEIRAS TEM AJUDADO A PRESERVAR CORPOS HUMANOS SEM QUE ESTES SE DETERIOREM. ESTA MENINA INCA PARECE QUE ESTA DORMINDO.


ESTE CADAVER ESTA PRESERVADO A MILHARES DE ANOS E FOI ENCONTRADO NAS AREIAS QUENTES DO EGITO


Em tempos muito recuados, antes que um novo e misterioso impulso de civilização misteriosamente surgisse na Terra, os funerais eram realizados de maneira tradicional - ou seja, enterrando-se pura e simplesmente os corpos. Na foto acima, um cadáver naturalmente preservado graças às condições favoráveis do deserto egípcio. Ele é originário do chamado Período Pré-Dinástico


MILHARES DE SANTOS CATÓLICOS COMO OS DEMAIS SERES HUMANOS, AO MORREREM, TEM OS SEUS CORPOS DETERIORADOS PELO TEMPO, QUANDO ALGUNS DESTES "SANTOS" SÃO EXUMADOS E ENCONTRADOS INTACTOS A "IGREJA" USA ISSO COMO PROPAGANDA DA SANTIDADE DO " SANTO". MAS ESTES CASOS NÃO ESTÃO ASSOCIADOS A SANTIDADE, POIS ATÉ PESSOAS QUE NUNCA FORAM CRISTÃOS TAMBÉM FORAM EXUMADAS E OS CORPOS ENCONTRADOS INTACTOS.



Santa Rita de Cássia (1381-1457) - Basílica de Cássia - Itália








CORPO DE SÃO JOÃO DE Vianney - na Basílica de Ars, França




CORPO DE "SÃO VICENTE DE PAULA", MORTO EM 1660, AINDA CONSERVADO






O fenômeno da incorruptibilidade dos cadáveres não é exclusivo do "mundo católico-cristão"; entre hindus, chineses e tibetanos, por exemplo, as ocorrências também são numerosas. Em 1952, o famoso iogue Paramahansa Yaogananda, que morreu na Califórnia, foi desenterrado; seu corpo não sofrera decomposição e exalava uma agradável fragrância. Existem casos semelhantes entre protestantes, judeus, muçulmanos e budistas.









O corpo de um homem assassinado há 65 anos foi encontrado em perfeito estado de conservação em seu túmulo, durante a exumação de seus restos no município de Acapetahua, no Estado mexicano de Chiapas.

Segundo familiares da vítima, Víctor Chamlatti, foi grande a surpresa ao abrir o caixão e encontrar o corpo inteiro, como se tivesse acabado de morrer e sem exalar mau cheiro.

Além disso, o túmulo se encontrava em um local cheio de água, embora o caixão de madeira permanecesse em bom estado.

Quando os coveiros tentaram abrir o ataúde, sem querer feriram o pé do finado, que não sangrou, mas mostrou carne viva, como em um ferimento recente.








SAN GIOVANNI ROTONDO, ITÁLIA - Milhares de fiéis foram nesta quinta-feira, 24, a San Giovanni Rotondo, no sul da Itália, para assistir à cerimônia que antecedeu a exibição dos restos mortais do Padre Pio, um dos santos mais venerados do país.
Desde as primeiras horas da manhã os peregrinos começaram a chegar à Igreja de São Pio, para a cerimônia presidida pelo cardeal José Saraiva Martins, prefeito da Congregação das Causas dos Santos. Calcula-se que cerca de 15 mil pessoas visitaram a cidade.
A exumação e exposição do corpo do padre, que recebeu de Deus, milagrosamente os estigmas - as chagas sofridas por Cristo - e que foi beatificado em 1999 e canonizado em 2002, acontecem por ocasião do 40º aniversário de sua morte e 90º da aparição dos sinais do Senhor em seu corpo.
Após a cerimônia, o cardeal José Saraiva Martins, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, rezou diante do corpo do santo, exposto em uma urna de cristal na cripta do convento de Santa Maria das Graças.

Mais de 75.000 pessoas de todo o mundo já reservaram visitas aos restos mortais do santo, segundo a Ordem Capuchinha.

Um comentário:

Irmandade Kappa: disse...

Eu acho muito interessante esses casos de corpos incorruptos. Queria ficar assim depois de morrer. XP Parabens pelas imagens!